Emprestimo para negativado sem SPC

Empréstimo para negativado é possível? Fatores como a crise econômica do país, e o desemprego crescente ajudam e muito o crescimento da dívida da grande maioria do brasileiros. O indivíduo que não se planeja com cuidado para se livrar das dívidas, não consegue a quitação de suas obrigações e fica inadimplente. Ser um negativado significa que você está na base de dados dos órgãos que protegem o crédito pessoal e de empresas no país, como o SPC e o SERASA. Esse cadastro nacional de informações fica disponível para todas as lojas e bancos afim de evitar maiores prejuízos com venda para inadimplentes.

empréstimo para negativado
empréstimo para negativado

Quando o nome de alguém fica negativado isso dificulta muito novas aquisições em parcelas ou conseguir aprovação de novos financiamentos e até mesmo conseguir um Empréstimo para negativado num banco. Apesar de difícil isso não é totalmente impossível. Existem algumas possibilidades de conseguir um bom emprestimo, veja a seguir.

Afinal, Como conseguir Empréstimo para negativado?

Existem muitas empresas financeiras que oferecem crédito para negativados. A Empresa Simplic é uma das grandes pioneiras nesse ramo e empresta dinheiro a negativados. Basta fazer a simulação de crédito e seu cadastro e enviar todos os seus documentos por email. Seu Empréstimo para negativado por sair em até 48h. Mesmo nesse caso você passa por uma pequena análise de crédito com os requisitos abaixo. Clique também nesse link para ter acesso ao site:

  • Mínimo 18 anos
  • Renda minima de R$3.1117,70
  • Ser cliente dos bancos itaú, santander, bradesco, bb ou caixa
  • Veja todas as vantagens desse tipo de Empréstimo para negativado:
  • Empresa de confiança autorizada pelo banco centra.
  • Solicitação do dinheiro totalmente online
  • Depois da liberação o emprestimo para negativado é creditado em pouco tempo
  • Ótima alternativa par resolver emergências.

Veja todas as desvantagens desse tipo de Empréstimo para negativado:

  • Juros bastante altos
  • Nem todos brasileiros sabem como proceder para esse tipo de operação.